Política

Secretaria de Saúde do Ceará confisca oito respiradores de Maracanaú

A Secretaria de Saúde do Ceará confiscou oito respiradores da rede hospitalar privada de Maracanaú e revoltou a população do município, que é, hoje, uma das cidades mais contaminadas do Estado pelo coronavírus.

Atualmente, Maracanaú só tem quatro respiradores em hospitais privados. Infectado com a covid-19, o líder do Governo na Assembleia Legislativa, Júlio César Filho, está sendo responsabilizado e acusado de retaliação política. O município é administrado pela oposição.

Também culpam o parlamentar de manter fechada há anos a Policlínica, mesmo com Maracanaú tendo perdido, na quinta-feira (9), o hospital de campanha.

Em tempo

Sem respiradores em Maracanaú, morrerão mais infectados gerando desgaste para a atual gestão. Essa é a suposta estratégia de Júlio César Filho denunciada por seus opositores em Maracanaú. Ele nega. E sustenta não ter tido nenhuma participação no confisco dos respiradores da cidade, que foram levados deixando um rombo no combate à covid-19.

Em tempo II

Júlio César Filho é candidato a prefeito este ano, porém seu modelo de atuação nunca foi assim tão baixo, a ponto desse jogo de vale tudo numa época de pandemia que está a matando seus conterrâneos.

Em tempo III

Os respiradores foram levados pela Secretaria de Saúde para Itapipoca e Caucaia.

Em tempo IV

A Policlínica de Maracanaú está pronta e fechada há seis anos. Por quê?

 

Fonte: https://cn7.com.br/secretaria-de-saude-do-ceara-confisca-8-respiradores-de-maracanau-e-revolta-populacao/