Cultura

“Teatro na Segunda” movimenta cena cultural de Maracanaú

O Cangaias Coletivo Teatral inicia a partir da próxima segunda-feira (3) a programação cultural “Teatro na Segunda” que reúne artistas e grupos locais para ocupar o Teatro Dorian Sampaio, no município de Maracanaú, com espetáculos, esquetes e performances, sempre às segundas-feiras de junho, a partir das 17h. A programação é inteiramente gratuita e tem a classificação indicativa livre.

A ação faz parte do projeto de manutenção “Plataforma Cangaias – 5 anos de um Teatro feito à mão” contemplado no edital de Incentivo às Artes Secult-CE 2016. De acordo com o diretor do grupo, Luis Carlos Shinoda, trazer apenas artistas locais para integrar a programação é um modo de ser resistência frente às dificuldades de fazer teatro em municípios da Região Metropolitana. “O objetivo é estar junto com os nossos pares artistas da cidade, ocupar e movimentar o Teatro Dorian Sampaio, assim como reativá-lo, pois muitas pessoas desconhecem o próprio centro cultural da cidade”, destaca.

A programação foi desenvolvida por convocatória e será realizada nos dias 03,10,17 e 24 de junho de 2019, contemplando os esquetes/experimentos “AbuKabum” (Payaço Abu), “Feridas Hereditárias” (Paulo Victor), “Silenciados” (Cia de Teatro Balbúrdia), “O Casamento de Chicó” (Grupo de Artes Maracanãs – GAMA) e os espetáculos “Pedro que horas são?” (Coletivo Paralelo), “Junto e Misturado” (Grupo Desequilibradoz), “Circo Alegria” (Grupo Garajal) e “Goela Abaixo” (Trupe Eu e o Jeremias).

[PROGRAMAÇÃO]

03 DE JUNHO

A partir das 17h

Silenciados (Cia de Teatro Balbúrdia)

O espetáculo mostra as angústias, receios, medos, enfrentamentos aos diversos obstáculos enfrentados na sociedade por três homens e duas mulheres. A diversidades desses jovens, negros, periféricos, pobres propõe a composição desse espetáculo, pois foi um trabalho que trouxe a realidade desses atores para a cena.

Pedro que horas são? (Coletivo Paralelo)

Pedro é um jovem rapaz que sofre de um distúrbio raro com o tempo, o que acaba ocasionando uma série de desastres em sua vida. No frenesi do dia a dia, Pedro literalmente corre atrás de sua cura. Porém, curar-se pode significar assumir-se, e nem sempre se está preparado para isso.

10 DE JUNHO

A partir das 17h

Feridas Hereditárias (Paulo Victor)

Feridas Hereditárias tem pesquisa desenvolvida a partir do texto “Rosa de Hiroshima” escrito por Karl William. A adaptação foi criada por Paulo Victor trazendo temas como: feminicídio e violência de um ser humano que mata o mesmo sem perceber que nasce a cada dia homens afeminados e mulheres masculinas que sofrem preconceitos cotidianamente.

Junto e Misturado (Grupo Desequilibradoz)

Genisvalda é uma guerreira da sobrevivência que vive a encantar o povo com sua forma de ser, de viver, de vender seu produto, até que um dia se depara com uma trupe circense que por meio de sua arte encanta e se deixa encantar por onde passa. Como em um maravilhoso baião de dois, “Junto e Misturado” traz as inúmeras possibilidades que uma boa mistura de artistas circenses e de rua podem nos proporcionar.

17 DE JUNHO

A partir das 17h

O Casamento de Chicó (GAMA)

Por conta de uma promessa feita à beira da morte, Coronel Barbosa amarga a sina de ter que casar sua filha com o filho de seu salvador. Mesmo sabendo que o jovem é casado e separado, Dona Matilda insiste no matrimônio para que a promessa seja paga. O suposto noivo, Chicó, juntamente com seu amigo João Grilo, se vê às voltas em uma trama um tanto complicada.

Goela Abaixo (Trupe Eu e o Jeremias)

20% de arrogância, 30% de intolerância e 50% de benção divina, eis a receita perfeita para o número mais visto e menos esperado da terra. O grande Homem Branco Europeu e seu fiel funcionário terceirizado “Jeremias” apresentam um feito extremamente ousado e perigoso com um dos répteis mais antigos e temidos da natureza.

24 DE JUNHO

A partir das 17h

Abukabum (Payaço Abu)

Abu é um bufão seguidor do grandessíssimo Mestre Halabe. O peregrino crê que sua missão na terra é converter infiéis a seguirem Halabe e que todos que renegarem ao seu Mestre devem ser exterminados.

Circo Alegria (Grupo Garajal)

O Garajal vem contar uma grande história de um grupo mambembe com habilidades nas artes circenses que para conquistar o seu público passeia por todos os cantos com sua alegria. O atraso de um dos palhaços gera uma confusão, tirando a gargalhada de todo o público. Como castigo (por chegar atrasado), o palhaço fica fora dos números do espetáculo.

SERVIÇO

Programação Cultural Teatro na Segunda

Data: 03,10,17 e 24 de junho de 2019

Local: Teatro Municipal Dorian Sampaio – R. Édson Queirós – S/N – Centro, Maracanaú.

Entrada gratuita

Mais informações: programacaoteatronasegunda@gmail.com

Telefones: (85) 988383763 e (85) 999602959