Cotidiano

Seis dicas para curtir o carnaval gastando pouco

Uma das datas mais esperadas do calendário nacional, o Carnaval já está invadindo as ruas das cidades brasileiras. Para curtir a folia à caráter, os foliões se preparam com fantasias diferentes, acessórios inusitados, maquiagens chamativas… tudo isso para acompanhar de perto seus bloquinhos preferidos. Mas e o bolso, como fica em meio há tantas opções?

Para quem quer curtir toda a programação da maior folia brasileira sem apertar o orçamento, a dica é aproveitar benefícios como o cashback na hora das compras. Pensando nisso, o Méliuz (http://www.meliuz.com.br) preparou o “cashbloco”, para garantir que os foliões recebam uma parte do valor das compras em passagens, hospedagens, fantasias, acessórios, maquiagens, alimentos e bebidas e até com medicamentos para curar a ressaca.

Para o folião receber o cashback, basta instalar gratuitamente o aplicativo do Méliuz, buscar pelo nome da loja desejada e ativar o cashback. O site da opção escolhida é direcionado automaticamente para a realização da compra, que é confirmada na conta do cliente no Meliuz em até 2 dias. Ao completar R﹩ 20 de saldo, o consumidor pode solicitar o resgate do valor para sua conta corrente ou poupança, sem pagar nada por isso.

1 – Viagens
Na hora de comprar passagens aéreas ou terrestres, a cereja do bolo é aproveitar o cashback do Méliuz e receber um valor considerável da compra. Isso faz toda a diferença no orçamento! Dá para aproveitar o benefício também em serviços de seguro viagem, aluguel de veículo e até mesmo em deslocamentos mais simples, nos serviços do Uber. Os parceiros que devolvem cashback são: Azul; 123milhas; Latam; Méliuz Viagens; Booking.com; Hoteis.com; Seguro Viagem, Hurb, Clickbus, Confidence, Seguros Promo, Rentcars.com e Uber.

2 – Fantasias
Uma fantasia diferente para cada bloquinho é o desejo de todo mundo. Mas haja bolso para ousar sem repetir o look. O segredo é comprar as fantasias e acessórios em lojas parceiras do Méliuz, que devolvem uma parte do valor da compra. Há várias opções na Renner, C&A, Farm, Zattini, Amaro, Shop2gether, Marisa, OqVestir, Hering, Americanas.com, Submarino, Shoptime. Basta soltar a imaginação e arrasar no look de Carnaval.

3 – Maquiagem
Muito brilho e glamour vão dar tom de destaque aos foliões. Para fazer aquela make arrasadora sem gastar muito é só aproveitar as opções de maquiagens da Sephora, Beauty Box, Época Cosméticos, O Boticário, Quem disse, Berenice?, Eudora, Lojas Rede, Natura e Avon. Todas com cashback especial para quem comprar por meio do Méliuz.

4 – Fantasias infantis
Fofura à parte é ver os pequenos fantasiados! E os papais e mamães podem caprichar na fantasia das crianças sem comprometer o orçamento. As lojas Renner, Boutique Infantil, Mundo Infantil Store, Pbkids e Amazon têm roupinhas e acessórios para compor o look e ainda receber uma parte do valor da compra de volta.

5 – Alimentos e Bebidas
Depois de montar o look e chegar ao bloquinho desejado, é hora de curtir a folia sem moderação. Para economizar nas bebidas e alimentos, a dica é comprar usando o cashback do Méliuz nas compras feitas pela internet: Carrefour, Empório da Cerveja, Clube do Malte, Wine, Beer Planet.

6 – Cura ressaca
Cair na folia é bom, mas a bebedeira pode resultar em uma ressaca chata. Por isso, as redes de farmácias parceiras: Droga Raia, Drogarias Pacheco, Drogaria São Paulo, estão de portas abertas para receber os foliões que querem curar a ressaca sem falir o bolso e ainda receber cashback nas compras, por meio do Méliuz.
Sobre o Méliuz: Lançado em 2011, o Méliuz é uma empresa que devolve ao consumidor, em dinheiro, parte do valor das compras em mais de 1600 lojas físicas e online do Brasil (cashback). O serviço é totalmente gratuito para os clientes. A proposta é simples: as lojas pagam para anunciar no site e no app do Méliuz e a empresa devolve ao cliente, em dinheiro, parte desse valor. Assim, as lojas incentivam as vendas e os consumidores recebem vantagens em todas as compras. A empresa possui hoje cerca de 150 funcionários e já devolveu mais de R﹩120 milhões aos usuários.