Tecnologia

Profissional do futuro atuará em TI ou relacionamento humano

Uma das certezas quanto ao futuro do mercado de trabalho é o avanço cada vez maior da tecnologia. Novas ocupações estão surgindo dentro das profissões tradicionais e possibilitam carreiras mais promissoras. Segundo o Center for the Future of Work, instituição que estuda a mudança do mercado de trabalho, negócios baseados em habilidades antigas estão perdendo espaço dentro da economia atual.

Porém, nem todo mundo está preparado para essa revolução. “As carreiras tradicionais continuam muito parecidas, mas com novas possibilidades. Há alguns anos, não pensaríamos que drones pudessem ser usados no Direito, por exemplo, para investigação criminal. Hoje, isso é uma realidade”, afirma Rafael Yorck, consultor de carreira do Cedaspy, rede de escolas de capacitação de jovens para o mercado de trabalho.

O consultor ressalta que sempre haverá vagas na área de Tecnologia da Informação porque ainda há uma grande procura por pessoas capacitadas. “A demanda se multiplica exponencialmente”, diz. A dica do consultor é desenvolver habilidades e competências para aumentar e melhorar as perspectivas. “Hoje, um bom profissional é aquele que aproveita as tendências e aposta em tecnologia dentro da carreira que escolheu. As empresas buscam perfis com domínio básico de tecnologia, de análise de dados e de processamento de informações. A chave do sucesso é entender como a tecnologia funciona na sua área de atuação”, explica Rafael Yorck.

Apesar desse cenário, profissões ligadas a pessoas e serviços também continuarão em alta. São carreiras que exigem habilidades de relacionamento, comunicação e trabalho em equipe, como conselheiros de saúde e de finanças, atendimento virtual ao cliente, transporte, alimentação e vestuário. “São funções que as máquinas não conseguem substituir. As organizações continuarão precisando de pessoas para lidar com inteligência emocional, liderança e resolver problemas na equipe de trabalho”, conta o consultor de carreira.

Carreira mais longa

As pessoas estão vivendo mais, são mais ativas e participativas na sociedade. Consequentemente, a vida profissional está mais longa, o que as possibilita atuar em várias carreiras – executivos viram consultores ou professores, empregados do setor privado montam seu próprio negócio etc. “Ficar preso à uma atividade que não gosta é coisa do passado. As novas gerações têm mais personalidade e informação para decidirem o que querem”, conta o consultor do Cedaspy.

Os cursos de capacitação ou técnicos em áreas específicas têm papel fundamental no processo de desenvolvimento desse profissional multifacetado. “As novas possibilidades de carreiras são apresentadas de forma prática e a lógica didática é orientada para a busca de soluções de problemas, estimulando as habilidades individuais e facilitando a escolha do curso universitário”, conclui.

Carreiras em alta

Analista de dados
Especialista em Inteligência Artificial
Desenvolvedor de TI
Conselheiros (saúde, finanças, carreira)
Especialista em e-commerce
Especialista em redes sociais
Vendedor
Profissional de Marketing
Gestor de atendimento ao cliente
Gestor de Recursos Humanos

Funções que devem desaparecer

Cobrador de ônibus
Caixa de banco
Carteiro
Trabalhador do campo
Agente de viagens
Comissário de bordo
Caixa de supermercado
Atendente de telemarketing
Frentista

Sobre o Cedaspy

O Cedaspy atua há 35 anos no mercado na profissionalização e capacitação de jovens, com mais de 300 mil alunos formados em toda sua história. Com 40 unidades em todo o Brasil, a rede de escolas oferece cursos livres regulares focados na preparação de jovens em busca do primeiro emprego. Atualmente, mais de 30 mil alunos estão matriculados em 12 módulos, como web, design gráfico, desenvolvimento de sites, marketing digital, jogos, configuração e manutenção de computadores. Os conteúdos são aplicados por meio da metodologia de ensino EDAA, que abrange os quatro pilares essenciais para o aprendizado: Explanação, Demonstração, Aplicação e Acompanhamento. Um dos fundamentos da instituição é desenvolver o comportamento empreendedor do jovem para estimular seu protagonismo na sociedade.