Outra Maneira

O que sobrou das ruas

A política passou por momentos importantes este período; tivemos a eleição do novo Presidente da Câmara dos Deputados, que é do velho PFL; julgamento por parte da CCJ das apelações do agora vilão Eduardo Cunha; Atos de apelo eleitoral de Lula e Dilma pelo Brasil afora, com recursos nossos e os ataques violentos dos bandidos no Estado do Ceará, mostrando que não existe Estado.

O mais grave de tudo, para todos, é a situação do nosso estado, dominado pelo ataques dos bandidos e as fugas dos presídios e das delegacias. A Segurança Pública foi relegada, não tem planejamento e muitos recursos jogados pela janela do palácio da Abolição.

O desemprego cresce, ampliando mais ainda os espaços para a violência, e chegando o período eleitoral isso passa para o discurso dos candidatos e o Governo do Estado fecha para tentar reeleger os prefeitos aliados, tipo Fortaleza e Sobral.

Os municípios enfrentam a crise sem apoio do Estado, que somente acumula recursos com impostos e multas, enchendo o cofre estatal para garantir a reeleição em 2018.

E assim caminha o nosso destino. As ruas passara…….