Cultura

Escritora maracanauense publica cordel que reflete questões femininas

A escritora maracanauense Bia Lopes lançará nos dias 4 e 11 de junho sua trilogia em cordel“Ana Lísias, entre amores, desamores e outras dores”. A obra, que vem há 9 meses arrecadando fundos em um site de financiamento coletivo, terá a princípio dois lançamentos: o primeiro acontecerá no próximo domingo, dia 4 de junho, às 19h, na feira de cordel, música e repente “Cordel com a Corda Toda”, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, na Arena Dragão do Mar. O segundo acontecerá no dia 11 de junho, às 18h, no palco da cidade cenográfica do São João de Maracanaú. Os cordéis estarão disponíveis para venda em ambos os eventos. Serão três folhetos com os respectivos títulos: “Ana e o amor (muita calma, por favor)”, “Ana e o coração (haja desilusão)” e “Ana e a vida (chega de andar perdida)”, vendidos em conjunto no valor de R$ 10,00 (dez reais), não podendo ser adquiridos separadamente.
 
A trilogia em cordel tem como objetivo abordar o universo feminino e falar sobre autoestima, relacionamentos abusivos, carência afetiva e empoderamento. A personagem Ana Lísias protagoniza uma desastrosa jornada em busca do amor, passando por decepções, traições e muito aprendizado. Porém, o principal intuito da obra é mostrar que os relacionamentos abusivos são muito mais comuns do que imaginamos, que a agressão psicológica causa sérios danos à mulher e que um dos fatores de risco para se embarcar numa relação assim é justamente a carência afetiva. Além disso, a obra estimula também o empoderamento feminino, mostrando que quando a mulher se aceita como ela é e percebe que tem total domínio sobre a própria vida, todas as outras coisas se tornam apenas detalhes.
 
A ideia de escrever a trilogia teve início quando a autora, por meio de seu blog Conversa de Gente Fina, começou a ouvir histórias das leitoras e a aconselhá-las por meio de seus textos. Foi aí que percebeu o quanto as mulheres enfrentam questões semelhantes de abuso, agressão e submissão, passando inclusive a confundir amor com dependência emocional. Ela resolveu então unir sua paixão pela literatura de cordel à ideia de poder ajudar outras mulheres.
 
Sobre a autora
Bia Lopes é natural de Maracanaú, é publicitária, gestora de recursos humanos, blogueira e colunista. Apaixonada pela literatura de cordel desde a infância, resolveu mergulhar nesse universo inspirada por seu pai, Ribamar Lopes, que era escritor e pesquisador da literatura de cordel, tendo este organizado a “Literatura de Cordel – Antologia”, uma das maiores antologias de cordel do Brasil. A autora escreveu também “Ninguém tem que ser igual”, um livro infantil em cordel que fala sobre o respeito às diferenças e se encontra em processo de análise em uma editora. Além disso, está escrevendo o romance intitulado “Incondicional”, cuja personagem principal é a Ana Lísias, a mesma da trilogia.
 
Leia mais da autora em:
 
Contato:
(85) 98883.7828