Esportes

Como se exercitar no seu condomínio de maneira segura

DCIM100MEDIADJI_0003.JPG

Para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) os órgãos de saúde internacionais recomendam que as pessoas mantenham-se em isolamento social, longe das atividades costumeiras dos seus cotidianos. Com isso, a rotina de várias pessoas teve que se adaptar. Agora, atividades físicas, por exemplo, devem continuar sendo feitas, porém com o máximo de cautela possível.

A Diagonal, referência no mercado de construção de habitações, listou quais ambientes, internos da sua residência, ou na área comum do seu condomínio, você pode utilizar para desenvolver atividades físicas de maneira segura, auxiliando na manutenção da sua rotina de atividades físicas, confira.

Comece em casa  

O local mais ideal para se praticar exercícios físicos nesse momento é dentro da sua casa. Afinal, este é um dos únicos lugares em que você tem o controle de quem transita. De acordo com Reginaldo Parente, engenheiro, da Diagonal, o cômodo mais indicado para a prática é a sala. “Como a sala, geralmente, é o local maior da sua casa, basta afastar o sofá e a cadeiras, pronto alí você já vai ter um excelente espaço para realizar atividades em solo, aeróbicos, funcionais e de alongamento”, reforça.

De acordo com Júlio César, mestre em Ciências Médicas e profissional de educação física da Ayo Fitness Club, academia de referência no mercado fitness em Fortaleza, antes do início de cada prática, o recomendado é se alongar. “Você pode começar com uma alongamento para que auxilia no estiramento de boa parte das fibras musculares, além de propiciar uma amplitude maior dos movimentos, melhorando a performance em diferentes atividades físicas”, recomenda.

A varanda é uma boa escolha

Caso seu apartamento ou casa possua uma varanda ampla que permita sua livre circulação, ótimo. O local é excelente para a prática de atividades físicas, pois é iluminado e arejado, recomendação de local ideal segundo os órgãos internacionais de saúde. Reginaldo, frisa a importância de ambientes como esse na hora de se exercitar. “A varanda é o local ideal para todas as práticas, já que o local possui uma boa incidência de luz do sol, e é arejado, conforme as recomendações dos órgãos de saúde para evitar a proliferação do vírus” define.

Além dos alongamentos, Julio César, indica que treinos funcionais que trabalhem a parte aeróbica sejam feitos. “Existe uma gama de exercícios aeróbicos que podem ser feitos nesses ambientes, como pular corda, polichinelos, flexões e agachamentos. Se preferir, você também pode dançar, tudo respeitando os limites do seu corpo. Como a varanda é um espaço aberto, a prática se tornará muito mais agradável e as atividades físicas promovem a liberação de serotonina, hormônio ligado a sensação de bem estar, humor. Quando esses hormônios estão em níveis mais elevados, suprime os níveis de ansiedade e estresse, que são ocasionadas pela situação de enclausuramento. ” relata.

Com cautela, espaços comuns também são opção

Sabemos que os espaços comuns dos condomínios devem ser evitados caso haja aglomerações de pessoas. Porém, de acordo com o engenheiro, esses locais podem ser utilizados, com algumas restrições. “Para utilizar espaços comuns do seu condomínio como o deck, salão de festas e quadras basta estar atento a quantidade de pessoas no local e se os materiais de limpeza adequados estão ao alcance de todos. Caso não tenha uma grande incidência de pessoas e haja materiais como álcool em gel 70% e recipientes para lavar as mãos, pode ser feito o uso desses ambientes ”, indica.

“A prática de atividades físicas é importante porque contribui para a redução de peso e níveis de gordura corporal. Escolha um horário que não tenha ninguém, ou uma quantidade mínima de pessoas possível. Geralmente esses espaços são maiores, então neles você pode realizar corridas, saltos, alongamentos e testes de resistência. Mas é importante lembrar que a higienização é extremamente importante após o fim das atividades” finaliza Júlio César.