Colunas

Como montar uma Oficina Mecânica?

Montar uma oficina mecânica hoje não é uma tarefa fácil. Anos atrás, muitos empreendimentos do tipo não tinham boa reputação: trabalho desorganizado e desrespeitoso, abuso de preços e maus reparos. Com o advento da internet, os consumidores passaram a ter maior consciência dos seus direitos.

O tempo de permanência com um veículo usado também passou a ser maior devido a fatores econômicos, segundo relatório do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), 2018. Isso quer dizer que a oficina mecânica moderna precisa ter processos bem claros e transparentes, além de ter uma equipe qualificada para o atendimento e a prestação do serviço.

Antes de saber como, efetivamente, montar uma oficina, é necessário saber qual é o mercado consumidor. Esse serviço é procurado, basicamente, por proprietários particulares de automóveis e clientes corporativos, incluindo-se seguradoras, cooperativas de transporte, empresas ou pessoas que possuem diversos carros ou frota própria de veículo. Entram nessa última lista órgãos públicos, empresas de energia e telefonia.

Como as oficinas trabalham com material que pode contaminar o meio ambiente, como a manipulação de fluidos como óleo e graxa, a localização se torna um fator essencial para iniciar esse tipo de empreendimento. Além de se ater a fatores como concentração de empresas e negócios complementares e a presença de clientes, é necessário seguir a legislação municipal, estadual e federal para entender especificações ambientais.

Estrutura e equipamento

Para abrir uma oficina mecânica não é necessário ter toda a estrutura de um grande empreendimento. É possível adquirir os equipamentos aos poucos e ampliar o espaço e os investimentos aos poucos. De acordo com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Para uma área de 200 m2, o imóvel pode ser dividido em sala de espera, escritório, almoxarifado, área de reparação, banheiros e vestiários para os funcionários.

O local precisa ser obrigatoriamente limpo e organizado. Pisos de alta resistência são recomendados e não pode haver mofo, goteira, ou rachaduras. É possível reduzir os custos com água por meio do reúso da água da chuva para lavagem de peças, do piso e uso nas descargas dos banheiros.

O Sebrae também recomenda a criação de um espaço especialmente projetado para acolher o cliente enquanto ele ele aguarda a entrega do veículo. A equipe, por sua vez, pode ter impacto direto na imagem do serviço prestado e por este motivo a escolha do pessoal é tão importante.

A quantidade de profissionais depende do porte e dos serviços ofertados. Em um espaço de 200 m2, a recomendação é de, pelo menos, de um proprietário, responsável por acompanhar todas as atividades; um atendente/administrativo, responsável pelas atividades financeiras de controle de estoque de peças e agendamento dos serviços.

A depender da especialidade da oficina, também será necessário Mecânico, eletricista, alinhador e balanceador. Uma função opcional mas muito importante é ter uma pessoa para fazer os orçamentos e recepção dos clientes. Normalmente ela ganha uma comissão pelos serviços captados.

Uma oficina mecânica pode oferecer os seguintes serviços:

  • Troca de Óleo e Lubrificantes;
  • Alinhamento e Balanceamento;
  • Regulagem de Motores;
  • Sistemas de direção;
  • Ar-condicionado;
  • Escapamento;
  • Direção Hidráulica;
  • Sistemas eletrônicos.

A escolha dos equipamentos, por tanto, deve seguir essas linhas de atuação. Não é necessário ter uma ampla gama de dispositivos no começo, mas o suficiente para desempenhar o que você propõe com qualidade. Se você se dispor a trabalhar com fluidos, por exemplo, será preciso ter ferramentas de lubrificação e engraxamento.

Contudo, mais importante do que os próprios equipamentos, é manter tudo em ordem e pessoal capacitado, com proteção coletiva e individual adequada. Para garantir a qualidade, é recomendado usar equipamentos para reparação recomendados pelas montadoras para os modelos e sistemas a serem atendidos pela oficina, de acordo com o Sebrae. Com essas dicas e recomendações em mente, você já tem um bom ponto de partida para montar sua oficina mecânica.