Cultura

Com presença dos curadores Baixo Ribeiro (SP) e Dodora Guimarães (CE) em visita guiada, catálogo da exposição “Dhamma”, de Narcélio Grud, é lançado nesta quarta-feira (16)

A exposição Dhamma, o mais recente projeto do artista Narcélio Grud, vira catálogo com lançamento nesta quarta-feira, 16 de janeiro, às 19h no Centro Cultural Casa do Barão de Camocim com as presenças ilustres dos curadores Baixo Ribeiro,  arquiteto, curador, ativista urbano e um dos fundadores da galeria Choque Cultural em São Paulo, um espaço que propõe novas possibilidades de relação com a arte e conta em seu casting com a participação de Narcélio e Dodora Guimarães, curadora e presidente do Instituto Sérvulo Esmeraldo.

Lançada em novembro, “Dhamma” recebeu visitas ao longo de dois meses com público divertindo-se com as 30 estruturas sonoras totalmente interativas que rompem com a condição estática das esculturas, apresentando obras móveis que não apenas traduzem ou representam a mobilidade, mas estão em movimento. O espectador é parte fundamental, uma vez que os efeitos ópticos e sonoros são experimentados através do movimento gerado pelos visitantes. A exposição sensorial leva o público a uma experiência imersiva única, desfrutando de diferentes estilos, técnicas e conhecendo um pouco sobre o Dhamma, conceito milenar que trata do caminho para a libertação e que tem forte ligação com a referência circular, dinâmica, presente nas peças criadas.

Todo esse trabalho e os frutos de uma longa pesquisa sobre esculturas sonoras, a instalação de murais cinéticos e trabalhos inéditos do ativista Narcélio Grud estão organizados no catálogo da terceira exposição solo de Narcélio Grud.

Após “Dhamma”, as próximas paradas confirmadas de Narcélio Grud envolvem participação no SP-Arte, a Feira Internacional de Arte de São Paulo, e a realização de uma exposição solo no México, que contará com peças sonoras inéditas, algumas produzidas aqui no Ceará e outras a serem desenvolvidas no México.

SOBRE NARCÉLIO GRUD

Sua primeira exposição solo ocorreu em 2009 no Cineteatro São Luiz e a segunda em 2011, no Sobrado José Lourenço. Narcélio Grud é artista, designer e produtor. Residente no Brasil, iniciou com arte urbana, pichando os muros no início dos anos 90. Seus trabalhos têm uma relação com o movimento. Seja resultado de interações com o ambiente ou da interatividade com o público, através de intervenções, instalações, esculturas sonoras, que tem como foco uma produção artística integrada ao meio público. Grud é um artista-inventor que cria objetos, ferramentas, pinturas, vídeos, e tudo mais que possa surgir no seu universo artístico, além de produzir o Festival Concreto, Festival Internacional de Arte Urbana, um dos maiores do Brasil.

A exposição Dhamma foi selecionada no X Edital Ceará de Incentivo às Artes de 2015  e tem apoio institucional do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura do Estado, SECULT-CE (Lei Estadual Nº 13.811 de 16 de agosto de 2006), da Prefeitura Municipal de Fortaleza, através da Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza, SECULTFOR e do Instituto Iracema.

SERVIÇO
Lançamento do catálogo da exposição Dhamma, de Narcélio Grud
16 de janeiro , sábado, às 19h
Espaço Cultural Casa Barão de Camocim
Rua General Sampaio, no 1632 – Centro
Acesso gratuito