empregoMaracanaú

Cidades de pequeno e médio porte puxaram alta no emprego no mês de Junho

O Ceará voltou a gerar empregos em junho após três meses seguidos de queda. Os dados do Ministério do Trabalho e Emprego mostram que o resultado positivo foi puxado pela alta nas cidades de pequeno e médio porte.

Nos seis primeiros meses de 2017, o Ceará acumula uma perda de 12 mil empregos, mas o último mês do semestre foi positivo, com 133 admissões a mais que demissões.

Os dados do Cadastro Nacional de Emprego e Desemprego (Caged) apontam que Aracati foi a cidade que mais ofertou vagas além das reduções dos postos de trabalho, com saldo de 195 trabalhadores a mais com carteira assinada no mês.

Em seguida aparecem Eusébio (161), Aquiraz (155), Acaraú (133) São Gonçalo do Amarante (117) e seguidos de Maracanaú.

Perda nas grandes cidades

Já os municípios de grande porte da economia cearense seguem em retração quando se trata da geração de emprego. Juazeiro do Norte, a maior cidade do Cariri, teve a maior queda do estado, com corte de 407 trabalhadores.

Barbalha, na mesma região, terminou o mês com 98 postos formais a menos.

Fortaleza teve a segunda maior queda do estado, com 311 demissões a mais que admissões. Sobral, cidade polo da região norte, cortou 98 vagas; e Russas registrou 77 cortes em junho, de acordo com o Caged. fonte: Caged

Variação de empregos na cidades do Ceará em junho

Cidades que mais geram emprego Cidades que mais perderam emprego
Aracati 195 Juazeiro do Norte -407
Eusébio 161 Fortaleza -311
Aquiraz 155 Sobral -98
Acaraú 133 Barbalha -88
São Gonçalo do Amarante 117 Brejo Santo -86
Maracanaú 60 Russas -77

Geração de emprego no país

Considerando todo o Brasil, as contratações superaram as demissões em 67.358 trabalhadores com carteira assinada no primeiro semestre. Essa foi a primeira vez, desde 2014, que foram abertas vagas formais nos seis primeiros meses do ano.

No mesmo período de 2016, houve a demissão de 531.765 trabalhadores com carteira assinada e, em 2015, 345.417 empregos foram fechados. Deste modo, foi o melhor resultado para o primeiro semestre em três anos. A série histórica, nesse caso, começa em 2002.