Tecnologia

Características que fazem da Twitch umas das principais referências do setor de streaming esportivo

Acessível em mais de 200 países ao redor do mundo, a Twitch teve mais de 400 bilhões de horas assistidas em 2018, segundo dados divulgados pela própria empresa. Uma das principais mudanças da gigante do streaming no ano passado foi disponibilizar novas maneiras para seus usuários identificarem-se com novos conteúdos.

A grande massa de usuários da plataforma é adepta aos jogos eletrônicos. Ninja, principal streamer da Twitch, transmitiu o equivalente a 95 semanas de trabalho de 40 horas em 2018, por exemplo. Mas a Twitch não é somente a casa dos eSports: sua diversidade aglomera cada vez mais inúmeros fãs de outros segmentos — como no poker, basquete e no futebol americano.

Poker

No esporte das cartas, há uma comunidade grande que acompanha diariamente os principais streamers espalhados mundo afora.

Profissionais talentosos que até então não tinham muita expressão a nível mundial encontraram na plataforma uma maneira de expressarem suas personalidades e desenvolveram uma comunidade de espectadores ativos e engajados em prol desse esporte.

“Um problema que sempre tive ao longo dos dez anos tendo o poker como trabalho é a motivação, e o streaming ajudou seriamente com isso … Também me motiva a garantir que o meu jogo esteja equilibrado e melhore sempre”, conta Peter Thompson, um dos principais streamers de poker no mundo.

Futebol americano

Na última temporada da NFL, a Twitch, por intermédio da Amazon, permitiu aos fãs a possibilidade de assistir aos jogos da NFL das noites de quinta-feira em seus próprios canais na plataforma. Esta foi a segunda temporada consecutiva da Amazon transmitindo jogos em parceria com a NFL.

A Amazon adquiriu a Twitch em agosto de 2014 por US$ 970 milhões e isso transformou a empresa — um acordo recorde para uma plataforma de livestreaming em esportes e jogos. A aquisição também resultou em vários esforços de colaboração entre a Twitch e a Amazon Prime. As transmissões de futebol americano na Twitch foi parte da renovação da Amazon em seu contrato de US$ 130 milhões com a NFL.

O acordo de streaming da Amazon com a NFL faz parte de uma nova política de investimentos da gigante do stream, que inclui a biblioteca de vídeo Prime da empresa e outras ofertas de conteúdo ao vivo e interligados com o esporte. Para competir com a Netflix, a Amazon investiu mais de US$ 5 bilhões no ano passado em conteúdo de vídeo.

De acordo com a Amazon, sua audiência na Prime Video e na Twitch aumentou 33% em relação à temporada de 2017-2018.

Basquete

Nesta temporada, os jogos da NBA G League estão sendo exibidos todas as sextas e sábados na Twitch. A NBA G League é uma liga de desenvolvimento composta por jovens jogadores (em sua grande maioria) que buscam destaque nesse cenário para integrarem os elencos das grandes franquias da NBA.

“Aproveitando comentários de fãs, novas tecnologias e uma comunidade apaixonada, o Twitch eleva o vídeo de uma maneira única e envolvente que ressoa na nova geração de espectadores”, analisa Malcolm Turner, presidente da NBA G League.

O interessante é que o co-streaming está ativado para todos os jogos e todos usuários podem acompanhar as partidas sob comentários e visões de jogo diferentes.

O co-streaming é uma excelente maneira de conectar streamers com suas comunidades e isso agrega muitos usuários à plataforma. Além do mais, várias estatísticas e informações são atualizadas para o usuário acompanhar em tempo real.

Impactos da Twitch na TV por assinatura

Toda essa diversidade da Twitch e facilidade de interação com diversas modalidades de sucesso entrega aos usuários uma experiência única em plataformas de streaming e isso dita uma tendência de mercado — como na TV paga, que ainda é líder de audiência no segmento de transmissões esportivas.

De acordo com Sara Clemens, vice-presidente de operações da Twitch, o futuro da TV ao vivo está no comentário personalizado. “Todos os serviços que são bastante estáticos no espaço da TV ao vivo se moverão para ambientes como o Twitch”, comenta ela.