Durante o Innovation Experience o estudante fará visitas técnicas as principais empresas do Vale do Silício
Durante o Innovation Experience o estudante fará visitas técnicas as principais empresas do Vale do Silício
Tecnologia

Agência Lança Programa Exclusivo de Inovação no Vale do Silício

transformação digital já é uma realidade em diversos segmentos da economia. Cada dia mais as empresas estão em busca de soluções digitais para melhorar seus negócios, com mais eficiência e menor custo. Estar no mundo digital já virou questão de sobrevivência não apenas para as grandes corporações, mas também para os jovens que estão iniciando sua carreira profissional.

Atenta aos anseios neste público, a empresa de educação internacional do grupo CVC Corp, a Experimento Intercâmbio Cultural, acaba de lançar um novo programa de intercâmbio que combina aulas de inglês com foco em negócios e inovação, visitas técnicas às principais empresas do Vale do Silício, como Apple, Google e IBM, workshops sobre “Design Thinking” e “Sillicon Valey Ecosystem” e tour guiados pelas universidades de Stanford e UC Berkeley.

Primeira e única empresa no Brasil a contar com este produto em sua prateleira, o Programa Innovation Experience tem duração de 2 semanas e é voltado, exclusivamente, para jovens profissionais com a partir de 18 anos, com nível intermediário de inglês.

Com estreia prevista para julho/2020, a programação inclui, ainda, test drive no carro elétrico Model X da Tesla e experiência de realidade virtual com os óculos Rift da Microsoft, além de passeios pelos principais pontos turísticos de São Francisco e degustação de vinhos na região de Napa Valley. A acomodação será em residência estudantil, ao lado da Union Square, elegante centro comercial de São Francisco.

De acordo com a diretora geral da Experimento, Carla Gama, o programa foi pensado para atender a demanda crescente de jovens profissionais que buscam uma diferenciação curricular por meio da experiência internacional. “O Innovation Experience foi desenvolvido para jovens que procuram desenvolver habilidades específicas na aérea da transformação digital, além, é claro, desenvolver importantes soft skills fundamentais para a entrada no mercado de trabalho” explica.

Ainda de acordo com a executiva, o lançamento deste novo produto é reflexo da estratégia da companhia em diversificar o seu portfólio de produtos, oferecendo programas internacionais mais arrojados para atender o público profissional.

De acordo com dados da agência, a procura por programas destinados para este público foram os que tiveram o maior crescimento dentro da companhia neste primeiro semestre, apresentando uma alta de 20% em relação ao mesmo período do ano passado.